Sem título-2.png

APOIO

ORGANIZAÇÃO

GPH LOG.png

AGOSTO É NO LUBANGO

FESTAS DE NOSSA SENHORA DO MONTE

As Festas da Nossa Senhora do Monte, que acontecem durante o mês de Agosto na Cidade do Lubango, constituem uma tradição com origem numa manifestação religiosa, celebrada pela sociedade Huílana de forma efusiva e convívio. Neste período têm lugar vários eventos com realce para as actividades, socioeconómicas, religiosas, culturais e desportivas.

A 28a. edição não deve ser diferente. Centenas de visitas são aguardadas ao longo do mês das festas.

Para além do seu papel histórico, as festas de agosto no Lubango,

são um ícone de identidade da capital da província na diversidade sociocultural.

Esta tradição tem origem na edificação da Capelinha da Nossa Senhora do Monte pelos madeirenses então colonos (1921 | 2021), e na Romaria religiosa que se realiza até aos dias de hoje no dia 15 de Agosto. Constituindo assim um legado e um desafio para a convivência na diversidade.

A Feira Agro Pecuária, a Expo Huíla e a Procissão á Padroeira da cidade, a Prova de Automobilismo dos 200Km da Huíla e a eleição da Miss Huíla são os expoentes máximos das festas.

FUNDO FESTAS AGOSTO.png

Mensagem de Boas Vindas

Por Sua Excelência o
Governador Provincial
Engº Nuno Bernabé Mahapi Dala

fnsm.png

Sejam bem-vindas à Província da Huíla e sintam-se abençoados pelo Cristo-Rei e abraçados pela protetora cordilheira da Chela.
Ter-vos connosco mais uma vez nas Festas de Nossa Senhora do Monte, é uma honra imensurável. A vossa presença atribui ao nosso evento, um significado ímpar. 
Fazemos questão, nesta celebração, de nos juntarmos àqueles, que se sentem em casa quando em nosso convívio. 

Comemoramos a 120.ª edição das Festas de Nossa Senhora do Monte, um evento que nos une ao passado, numa perspectiva de futuro. 
Citando Dom Zacarias Kamwenho:
“Falar das Festas de Nossa Senhora do Monte é explicar a trajectória da história da cidade do Lubango, a sua evolução e para onde caminha, preservando os valores tradicionais.” 

A concretização deste evento requer que milhares de mãos actuem e colaborem nas mais distintas frentes de trabalho. De tal sorte que são merecedores dos nossos aplausos, de modo muito particular a Igreja Católica, Empresas, Organizações, Instituições Financeiras, Associações e todos os diferentes patrocinadores que nos emprestaram o seu prestígio, associando a sua marca ao maior evento comunitário da Huíla. 

A 120.ª edição tem lugar, num ano e mês especial para o País, por conta da realização das eleições gerais que auguramos que corram no espírito de Paz e de Reconciliação Nacional e, é mais ainda especial para os citadinos Huilanos, por se constituir numa grandiosa festa das multidões, com uma agenda atractiva e recheada de actividades interdisciplinares e multifacetadas e, com o orgulho de apresentar aos visitantes uma cidade anfitriã renovada, com mais qualidade de vida e adaptada aos novos tempos de Paz e Desenvolvimento. 

Bem Vindos à cidade de Nossa Senhora do Monte.

PROGRAMA FESTAS sm.jpg
capa catálogo expohuila 2022.png
Feira Agropecuária da Huíla.png
PROGRAMA 200km DA Huíla.png
The Legacy.jpg
Huíla Talentos.jpg
Siga la Luna.jpg
WhatsApp Image 2022-08-04 at 12.09.55.jpeg
PROGRAMA Miss Huíla.jpg
WhatsApp Image 2022-08-04 at 12.09.54.jpeg
Glow Color.jpg
WhatsApp Image 2022-08-04 at 12.09.55 (1).jpeg

EXPO HUÍLA 2022

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/41

FEIRA AGRO PECUÁRIA DA HUÍLA 2022

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/30

MISS HUÍLA 2022

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/30

HUÍLA FASHION 2022

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/25

VELAS ILUMINAM ARTÉRIAS DA CIDADE NAS FESTAS DE NOSSA SENHORA DO MONTE

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/16

NOSSA SENHORA DO MONTE, A TRADIÇÃO CONTINUA HÀ MAIS DE 100 ANOS

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/27

200 KM DA HUÌLA

LUBANGO PALCO DA MÚSICA

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/20

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/12
organização.png

EDIÇÃO 2021

FLYER DIGITAL EXPOHUÍLA 21.png
programa das festas.jpg
Festas de Nossa senhora do Monte
Festas de Nossa senhora do Monte

Festas de Nossa senhora do Monte

press to zoom

press to zoom
Add a Title
Add a Title

Describe your image

press to zoom
Festas de Nossa senhora do Monte
Festas de Nossa senhora do Monte

Festas de Nossa senhora do Monte

press to zoom
1/20
FEIRA AGROPECUÁRIA 2021 CCGSA.png

CENTENÁRIO DA CAPELINHA DE NOSSA SENHORA DO MONTE

_JES4640.jpg

1921 | 2021

A Capela da Nossa Senhora do Monte é a par da Estátua do Cristo Rei, os grandes exilíbris da cidade do Lubango.
localizada num dos topos da Serra da Chela, a Capela da Nossa Senhora do Monte é para além de um santuário de peregrinação religiosa que se reveste de grande simbolismo e importância para a comunidade católica, também um importante activo turístico e histórico.
O seu processo de construção está estreitamente associada ao objectivo colonial em curso na época pois, a mesma servia para consolidar a fé católica no então distrito da Huíla entre os nativos e, entre os portugueses (principalmente madeirenses) implicados no processo colonial. A sua implantação geográfica, está também relacionada com um projecto inicial de construção dos Caminhos de Ferro de Moçâmedes que, no sentido de evitar o centro da cidade, devia circundar a cintura serrana. Depois de avançadas as obras, as dificuldades inerentes à construção de uma ponte, ceifou muitas vidas entre operários, levando os CFM a abandonar definitivamente a construção da ferrovia neste traçado. Foi então que as autoridades da altura se decidiram pela construção de um santuário para simbolizar a Nossa Senhora (mãe de Jesus) e, cumulativamente para honrar as almas perdidas durante a tentativa de construção do referido viaduto.
A construção da capela pode ser analisada em dois momentos, uma primeira edificação primitiva, que ainda inacabada, foi inaugurada a 15 de Agosto de 1902, com a celebração de uma missa campal, a apadrinhar essa homilía estava uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, oferecida por um colono de nome Venâncio Ferreira Rodrigues que a adquiriu na cidade portuguesa do Porto, em cumprimento a uma promessa. 
Em nome do Bispo de Angola e do Congo, o pároco local abençoava a conclusão da obra em 14 de Agosto de 1903. A partir desta data, a capela passou a ser local de Romaria, tornando-se tradição. Uma década e meia depois, João Henrique de Azevedo idealizou e projectou uma capela mais ampla com uma maior visibilidade a partir de toda a então vila de Sá da Bandeira. Foi inaugurada em 1921. 
A partir do início da década de trinta do século passado, a imagem passou a ser trazida ao parque, devido às dificuldades na deslocação à capela, inerentes aos idosos, dando origem à actual Procissão das Velas, onde a mesma imagem, acompanhada por milhares de pessoas, percorre o trajecto entre a Capela e a Sé catedral do Lubango. Nossa Senhora do Monte.
Trata-se de um lugar mágico, carregado de espiritualidade, que nos leva à última fila de um gigantesco anfiteatro com o majestoso vale como cenário.